Outubro rosa: a importância do autocuidado

Outubro é o mês conhecido pela campanha que movimenta a informação e a troca de experiências sobre o câncer de mama. Estamos, cada vez mais, crescendo o número de mulheres presentes no setor da construção civil e também é nossa responsabilidade promover um momento de encontro para falarmos sobre o assunto.

O movimento internacional de conscientização foi criado no início da década de 90 e lançado na Corrida pela Cura em Nova York, onde o lacinho – símbolo oficial, foi distribuído.

No Brasil, a maior incidência da doença está nas regiões sul e sudeste. Em 2021 foi estimado mais de 66mil casos no país e é o responsável pela primeira posição de mortalidade por câncer.

São diversos os fatores que levam ao surgimento da doença por isso, não há uma causa única. Ele pode estar associado ao envelhecimento, excesso de peso, hábitos sedentários e, também, ao histórico familiar.

 

Então, o que é preciso fazer para prevenir a doença?

O autoexame é a principal ação e, além das mamas, é importante lembrar que seja feito também nas axilas e na região do pescoço – locais onde encontramos as glândulas mamárias.

Você sabia que uma caminhada de 30 minutos por dia pode contribuir para a prevenção da doença? Isso mesmo! A atividade física como uma simples caminhada, diminui o nível de estrogênio no sangue, muitas vezes aumentado pelo uso de métodos contraceptivos ou terapias de reposição hormonal.

Em nosso estado, temos o IMAMA – Instituto da Mama do Rio Grande do Sul, uma organização sem fins lucrativos com diversos projetos que apoiam mulheres e homens com a doença.

Essa semana dedicamos um momento da tarde para reunirmos as nossas mulheres e falarmos sobre a prevenção do câncer de mama. É a nossa maneira de incentivar a prevenção e disseminar a informação de maneira compartilhada e fluída.

Os dados abordados acima são do INCA - Instituto Nacional do Câncer.

img